agosto 16, 2016

O Bolo podre paraense roubou meu ♥

Receitinha para a vida!

By Michele Escoura In EXPERIMENTE
Vê-se logo que sujeito é bom de prato quando chega numa terra e sai buscando receita pelas esquinas. A sujeita, no caso eu, que nunca foi muito lá fã de doce caiu logo nas graças do bolo de tapioca, ou “bolo podre” para os íntimos, e fez dele seu primeiro prato no portfólio de comidas paraenses.
Ganhei elogios dos nativos. Foi gente do trabalho, amigo de longa-data e até o porteiro elogiando.
Então, né? Decidi apostar na iguaria como sobremesa obrigatória toda vez que baixa paulista aqui em casa.
Acabou que descobri em mãos uma receita de sucesso e nada melhor do que compartilhar o tesouro com a rapaziada!
Anota aí!
Ingredientes:
  • 500 gramas de farinha de tapioca (aquela que parece um granulado de isoporzinho)
  • 1 litro de leite bem quente
  • 1 xícara de açúcar
  • 1 1/2 lata de leite condensado
  • 1 pacote de coco ralado
Ingredientes do famoso "Bolo Podre"

Ingredientes do famoso “Bolo Podre”

 

Modo de preparo:

Numa travessa grande coloque a farinha de tapioca (em flocos) e o açúcar. Misture o leite quente aos poucos, mexendo por uns 5 minutos. Depois, deixe descansar por 10 minutos. Você vai encontrar a massa já mais consistente, com a tapioca inchada depois de ter absorvido o leite.

Em seguida, acrescente o coco ralado e 1 lata de leite condensado, misturando bem novamente. Com a metade da outra lata de leite condensado, unte uma forma que vai receber a mistura do bolo. Despeje a massa na forma e pronto! Não precisa de forno nem nada, só levar à geladeira por ao menos duas horas antes de desenformar e servir. Quando você tirar da forma, vem junto o leite condensado todo que estava untando a massa, mas claro que se você for da vibe formiga, pode colocar mais pra deixar escorrendo dos lados. Também dá pra colocar um coco ralado extra por cima do bolo ou uma canela em pó se você quiser. Fica mais bonito, muito mais, aliás, do que o meu ficou na fotinha final.

Mas como quem vê cara não vê coração, juro que tava uma delícia! 😉

Misture a farinha de tapioca com o açúcar e o leite quente, mexendo aos poucos.

Misture a farinha de tapioca com o açúcar e o leite quente, mexendo aos poucos.

Forma untada com leite condensado

Forma untada com leite condensado

 

 

 

 

 

 

 

 

<a href="http://www.cafecomtamaquare.com/wp-content/uploads/2016/08/DSC03110 go to this web-site.jpg”>Massa pronta para ir à geladeira

Massa pronta para ir à geladeira

E na fotinha desfavorável, o já famoso Bolo Podre à lá Paulista!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

PS: E quando tiver com a mão na massa, bora dar o play no carimbó da farinha de tapioca!

 

 

Comentários

comments

Leave a Comment